Colesterol HDL é bom ou ruim (1)

Colesterol HDL é bom ou ruim?

O que você vai ler neste post

O colesterol HDL é o melhor que há para o bom funcionamento do corpo humano e isso ocorre porque são lipoproteínas. Diferente do LDL, que acumula gordura nas veias e artérias, o HDL garante que algo dessa ordem não ocorra no corpo humano. 

O que é o Colesterol HDL?

O colesterol HDL é uma lipoproteína altamente densa, mais conhecido como o colesterol bom. Ele está presente em nosso corpo e possui o objetivo específico de proteger o ser humano do excesso de LDL, colesterol ruim. 

Colesterol HDL é bom ou ruim (3)
Fonte/Reprodução: original

O colesterol HDL serve na eliminação das gorduras presentes no organismo. Este previne, inclusive, qualquer categoria de doenças que possam surgir no coração. Ele é extremamente importante para que o corpo humano possa funcionar da maneira correta

Quanto deve ser o colesterol HDL?

Médicos e especialistas sugerem que o colesterol total não ultrapasse 200 mg/dL, pois se o colesterol estiver em seu nível ideal, o corpo pode combater as temidas doenças cardíacas. Também devemos salientar que é importante que os níveis de HDL sejam superiores a 50 mg/dL.

É importante também que os níveis de HDL não fiquem muito baixos, pois aumenta o risco de problemas graves no coração ou AVC. Considera-se baixo quando o nível dele está abaixo de 40 mg/dL, mas algumas pesquisas levam a crer que se não for menor que 25 mg/dL, o risco de problemas graves é baixo.

O que acontece quando o colesterol HDL está alto?

Caso o nível de colesterol HDL esteja muito alto, é possível adquirir doenças de categorias infecciosas, no caso seriam pneumonias ou gastroenterite. Além de não proteger contra problemas cardiovasculares, de modo a aumentar o risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O que causa o aumento do colesterol HDL?

Existem uma série de causas apontadas pelos especialistas: propensão genética, mutação no dna que promove alteração das funções, pelo alcoolismo, cirrose biliar e hipertireoidismo que ocorre quando a glândula em formato de borboleta encontrada na região do pescoço produz hormônios T3 ou T4 em excesso. 

Outras possíveis causas se dão por conta de medicamentos conhecidos como corticosteróides, fenitoína e a própria insulina. A partir do momento em que o médico detecta que o fígado produz mais HDL do que deveria, será necessário dar início ao processo de análise para saber o que de fato ocorre e quais os motivos para o aumento do colesterol HDL.

O que é o alcoolismo crônico?

Necessário observar como se dá o consumo de bebidas alcoólicas a fim de identificar a ingestão compulsória de álcool, que costuma apresentar uma certa tolerância em relação à bebida, ou seja, o alcoólatra precisa de altas doses de álcool para poder conseguir saciar seu desejo.  

A pessoa, a partir do momento que apresenta este comportamento já não consegue mais controlar seu impulso, para além disso, especialistas apontam o alcoolismo crônico como um sintoma de uma série de problemas psicológicos, dificuldades com socialização, problemas fisiológicos, endocrinológicos, além de ser prejudicial na vida do dependente como um todo.

Cirrose biliar

Tal doença crônica ocorre quando o fígado sofre com um processo inflamatório, por haver acúmulo e ou excesso de produção da bile no órgão em questão. Os especialistas acreditam que a principal causa da cirrose biliar se dá por conta de doenças autoimunes, que atacam as próprias células presentes no corpo.

Hipertireoidismo, a glândula hiperativa

O hipertireoidismo ocorre especificamente quando há a produção excessiva de hormônios gerados pela tireoide. São os hormônios a T3 (triiodotironina) e a T4 (tiroxina), que cumprem funções endócrinas importantes em nosso corpo, no entanto, se estão em quantidades acima do recomendado, oferecem risco à saúde. 

Neste caso, pode haver perda de peso em curto prazo ou um ganho excessivo de gordura.

O ganho ou perda de peso se dá pelos valores de T4 e T3, onde a grande quantidade de um geralmente apresenta menor quantidade do seguinte. 

Batimentos cardíacos irregulares ou acelerados, prostração, suor excessivo e extrema irritabilidade também são alguns dos sintomas mais comuns. Pode ocorrer queda de cabelo, diminuição do cálcio nos ossos e etc. No caso do hipotireoidismo, ocorre uma diminuição do colesterol HDL, já o hipertireoidismo ocorre a elevação das lipoproteínas.

O que acontece quando o colesterol HDL está baixo?

Caso ocorra de os níveis de colesterol HDL estarem extremamente baixos, pode ocorrer doenças diretamente ligadas à saúde do coração, uma vez que haja acúmulo da gordura nos vasos sanguíneos e não há formas das hemoglobinas passarem.

Colesterol HDL é bom ou ruim (2)
Fonte/Reprodução: original

Portanto, é importante realizar exames de sangue que farão a análise correta do colesterol HDL, além de ser possível ter problemas diretos com a gordura na alimentação.

O que causa a baixa do colesterol HDL?

Em muitos casos, o HDL em níveis baixos costuma ocorrer especificamente por fatores genéticos, não significa ser alguma doença ou falta de vitaminas. Simplesmente o corpo produz menos colesterol bom, porque é algo natural do organismo, por isso devemos regular a alimentação como forma complementar de prevenção.

No entanto, caso o problema não for exatamente genético, saiba que é possível haver problemas com os hábitos cotidianos, no caso de uma alimentação pouco saudável, falta de exercícios e claro, tabagismo que costuma influenciar muito.

Como aumentar o Colesterol HDL?

Primeiramente, é importante sempre ingerir os alimentos que possuem gorduras boas, no caso de peixes, ovos, chocolate, sementes, frutas, abacate ou o próprio azeite, estes devem fazer parte da dieta.

Uma das principais orientações médicas se dá pela prática regular de atividades físicas, que são importantes pelo menos três vezes na semana, uma vez que colabora no controle do peso, regulação correta do colesterol e auxilia diretamente na perda da gordura ruim.

Dessa forma, procure um nutricionista que faça uma dieta com alimentos coerentes a fim de aumentar os níveis de colesterol HDL e promover um equilíbrio, para que não ocorra nem o aumento exagerado ou sua diminuição.

Omega 3 Premium

Antes de mais nada, é importante destacar os benefícios de uma boa suplementação! Conheça o nosso Omega 3 Premium e o quão bom para a sua saúde é o tratamento com ele. O Omega 3 Premium elevará os níveis do colesterol HDL de forma saudável e segura.

Abacate

Esta fruta possui gordura monoinsaturada, no caso, a gordura boa que ajuda o coração e é capaz de auxiliar na diminuição do colesterol ruim, que seria o LDL. Opte por fazer a substituição de manteigas no café da manhã por abacate, porque 1/5 deste fruto contém cerca de 3g de boas gorduras que o corpo necessita.

Chocolate amargo

Este é o melhor amigo de quem precisa de colesterol HDL, isto porque ele contém para cada 28 gramas cerca de 3,5 gramas de gorduras consideradas boas. Esta categoria de gordura é a mesma que a do abacate, monoinsaturada. Opte sempre pelo chocolate com teor de cacau em 70%, que trará mais benefícios à saúde do corpo.

Ovos

Este alimento rico em proteína é uma das melhores opções para quem opta por querer corrigir os níveis baixos de colesterol HDL, ou seja, para cada 5 gramas de gordura, somente 1,5 gramas serão saturadas, em outras palavras, são ideais por conter gordura boa.

No caso do ovo marrom, este é uma excelente fonte de colina, possui em sua gema 300 microgramas dessa substância, uma das principais vitaminas para o corpo: vitamina B. Ela auxilia a regulação do sistema nervoso e cardiovascular, portanto, os ovos sempre serão indicados para aumentar o HDL.

Por fim, o colesterol HDL se difere completamente do LDL que causa uma série de complicações ao corpo humano, bem como o entupimento de veias e artérias causadas por alimentação ruim, por exemplo. Por isso, é muito importante ter cuidado com os alimentos que costuma ingerir, além de praticar atividades físicas sempre que for possível. 

 

NutriLife Caps
NutriLife Caps

Alcance o ápice da sua saúde através de nossos
SuperAlimentos Premiums

Facebook
Twitter
LinkedIn

3 respostas

  1. Eu sou MUITO curiosa com relação à SAÚDE me sinto pesada pelo fato de não comer coisas prejudiciais à saúde. Estou satisfeita com o que eñcontrei. OBRIGADA!

  2. Eu gosto de suplementar sempre com ômega 3 de Boa qualidade,coezimaq10 a vitamina D3 com a k2,agora quero a clorela,e a espirulina, tenho marca passo, sempre estou perguntando o meu médico a respeito desses supremento,quero agora um que possa fortalecer as minhas pernas que chegam a doer de fracas vou perguntar sobre a espirulina, se vai ser Boa pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.