O que é Anemia

O que é Anemia, possíveis causas e como tratá-la

O que você vai ler neste post

Você sabe o que é Anemia? As doenças que decorrem da má alimentação são mais frequentes do que se imagina. Mesmo que as pessoas conheçam alguns sintomas mais clássicos, saber o que é anemia em sua totalidade ajuda a nos prevenirmos contra essa doença. Inclusive, como tratar da anemia é uma questão relativamente simples, mas que muitos desconhecem.

Por conta do que é anemia, muitos assumem que se trata meramente de uma deficiência no sangue, mas esse pensamento reduz muito o problema. Isso leva, inclusive, a formas incorretas sobre como tratá-la. De fato, a anemia é uma condição que afeta até mesmo o fluxo de oxigênio no organismo.

Muito embora seja chamada de doença, o que é ela em si, é, uma consequência da falta de nutrientes, dentre os quais o ferro.  Por isso, apesar dos muitos conselhos que passam de pais para filhos sobre como tratar da anemia, o ideal é buscar um médico para fazer exames e ter uma medicação adequada prescrita, além de orientações nutricionais.

Veja a seguir o que é anemia, quais são seus tipos e como é causada no organismo. Conheça também sobre os sintomas e como tratar da anemia, de forma a fazer com que o corpo se recupere dessa condição.

 

O que é Anemia?

A anemia é uma condição na qual o corpo se encontra, a qual é determinada pela carência nutricional de ferro, vitamina B12, ácido fólico. Mas vale ressaltar que a anemia pode ter causas ligadas à hereditariedade.

Em vista do que é ela, e como age no organismo, os grupos que são mais atingidos são das crianças, dos adolescentes e das gestantes. Isso ocorre porque são épocas da vida onde, no caso das crianças e de alguns adolescentes, há menos consciência alimentar. Já no caso das mulheres que esperam a chegada do bebê, a dificuldade de comer, devido aos sintomas da gravidez, podem levar a uma carência nutricional que evolui para anemia.

 

Como tratar a anemia

No que diz respeito ao que é anemia em questão de tratamento, a formas mais tradicional de eliminar essa condição é através da reposição de ferro e vitaminas, com simples suplementos alimentares. Porém, como tratar da anemia em casos graves pode levar um paciente  até mesmo a um transplante de medula óssea.

 

Causas da anemia

Sobre as causas que se relacionam ao que é anemia, podemos citar tanto aquelas que não é possível prevenir, pois são genéticas, quanto as que podem ser evitadas, relacionadas a fatores externos. Uma das causas mais comuns é o déficit de ferro no sangue. Outros nutrientes também estão relacionados entre os motivos para a condição anêmica.

Falta de proteínas, zinco e vitamina B12 também podem gerar anemia, e cabe ao médico examinar e determinar o que falta no sangue do paciente. Por outro lado, o que é anemia também pode ter origem em outras doenças, como as que afetam a medula óssea e o sistema imunológico.

 

Tipos de anemia

Também é necessário entender o que é anemia de acordo com seus tipos. Saber diferenciar facilita no tratamento e até mesmo em que espécie de dieta adotar ao longo do tratamento ou como forma de prevenir essa condição. Os tipos de anemia são:

  • Ferropriva
  • Megaloblástica
  • Perniciosa
  • Aplástica
  • Hemolítica
  • Falciforme

O primeiro tipo é a ferropriva, ocorre pela falta de ferro. Esse nutriente é essencial para o sangue, pois compõe a hemoglobina e contribui para que as hemácias sejam produzidas. Agora, quando a deficiência é de vitamina B12 e ácido fólico, o problema ocorre na medula óssea, que tem a sua produção de glóbulos vermelhos comprometida. Esse tipo de anemia é a megaloblástica.

Quando o próprio corpo não consegue absorver as vitaminas B12 e ácido fólico dos alimentos, o que é anemia é chamada de perniciosa. Sua causa são as doenças autoimunes e o efeito mais grave é a redução do volume de hemoglobina.

Conhecer o que é anemia também inclui a aplástica, que acontece diante de doenças autoimunes como o HIV e hepatite ou por exposição a certos produtos químicos. Ambos os casos são detrimentais para as defesas do corpo.

A anemia hemolítica provoca a baixa vida dos glóbulos vermelhos. Eles até são produzidos, mas morrem antes do que é esperado dessas células. Esse tipo de anemia também pode decorrer de uma doença autoimune. Já a anemia falciforme causa o mesmo problema, mas tem origens genéticas.

 

Sintomas da anemia

A fim de detectar com precisão o que é anemia, preste atenção nos sintomas, que são:

  • O cansaço
  • A falta de apetite
  • A dor de cabeça
  • A tontura
  • Palidez na pele
  • Palidez nas mucosas
  • Falta de ar
  • Dor no peito

Um sintoma que, apesar de estranho pode ser um indício de anemia é a vontade de comer coisas estranhas, como terra, areia, gelo, entre outras. A falta de concentração também é sentida nas crianças e adolescentes e pode ser um indicativo de anemia.

 

Como prevenir

Só existe uma forma de preveni-la, em qualquer fase da vida: alimentação. Visto que é condição decorrente de carência de nutrientes, a única forma de evitá-la é através da reeducação alimentar. É preciso comer em quantidades razoáveis de alimentos diversos.

Quando um nutricionista ensina que “quanto mais colorido o prato, melhor”, o que ele realmente quer dizer é que as cores refletem os nutrientes de cada tipo de alimento. Não basta apenas comer mais feijão, como muitos ainda acreditam. É preciso comer feijão, carne, frutas, verduras, leguminosas, oleaginosas, dentre outros.

Infelizmente, a tarefa não só de balancear a diversidade alimentar, mas de incluir esse costume na rotina diária é um desafio para muitos. Primeiro para as mães, que fazem de tudo para os filhos comerem direito. Mas a nutrição deficitária não é um problema só das crianças. Qualquer pessoa que se alimenta mal ou não suplementa a carência de nutrientes pode se deparar com uma anemia.

Uma das formas de contornar esse problema é através da suplementação, que nada mais é do que completar os nutrientes que faltam na dieta diariamente.

 

Suplementos naturais que contribuem no tratamento

O uso de suplementos é altamente recomendado em como tratá-la, por exemplo a Spirulina Premium. De fato, é o tratamento mais usado pelos médicos que, tão logo conferem o resultado das amostras de sangue, logo receitam vitamina B12 e ferro.

Os suplementos mais usados em como tratar da anemia são o sulfato ferroso e aqueles que incluem vitamina B12 e ácido fólico. A dose do suplemento, assim como o período de tratamento, também são estipulados pelo médico.

Uma medida simples que potencializa a suplementação com ferro é tomar a cápsula, ou comprimido, com auxílio de uma fruta cítrica, como abacaxi, laranja, morango e tangerina. Essas frutas contribuem para que o ferro do suplemento seja ainda mais absorvido pelo organismo.

Por fim, é preciso frisar a importância do acompanhamento médico sobre como tratá-la, visto que o ferro pode causar efeitos colaterais. São eles o gosto metálico na boca, sensação de estômago cheio, náuseas, vômitos, diarreia ou prisão de ventre e fezes escurecidas. Esses sintomas podem ser combatidos com uma estratégia do médico.

O mais importante é não abandonar o tratamento, que dura em média 3 meses até que o corpo recupere todo o ferro que faltava e a capacidade de se manter em um nível de ferro desejável sem auxílio dos suplementos.

 

Conheça nossos produtos em nosso site Nutrilife Caps!

Veja mais em nosso Blog!

NutriLife Caps
NutriLife Caps

Alcance o ápice da sua saúde através de nossos
SuperAlimentos Premiums

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.