Por que usar o ômega 3?

Ômega 3: por que usar e benefícios

O que você vai ler neste post

Todos já sabem os benefícios e também por que usar o ômega 3.

Além disso, também já são comprovados os seus benefícios relacionados à diminuição da inflamação, melhoria na resistência óssea e também na prevenção de doenças cardiovasculares.

Por isso, trouxemos no post de hoje ainda mais exemplos justificativas de por que usar o ômega 3, bem como algumas das principais melhorias que ele oferece ao seu corpo. Confira a seguir.

Afinal, o que é o Ômega 3? 

As gorduras que consumimos cotidianamente são compostas por ácidos graxos, que pode ser essenciais ou não essenciais.

Os ácidos essenciais não são produzidos pelo organismo, como é o caso do ômega 3, que é composto por ácidos graxos essenciais poli-insaturados.

Sendo assim, é preciso que seja realizado o consumo de alimentos ricos em ômega 3 para que nosso corpo possua a quantidade necessária deste nutriente e, consequentemente, desempenhe as funções relacionadas a ele.

Continue lendo para saber as doenças que o ômega 3 ajuda a evitar.

Por que usar o Ômega 3? 

Uma das principais funções do ômega 3 é atuar como anti-inflamatório, no qual ele desloca a cascata da inflamação e ajuda a diminuir dores no corpo. (1)

Estudos indicam que o ômega 3 pode melhorar a resistência óssea ao aumentar a quantidade de cálcio nos ossos, o que deve reduzir o risco de osteoporose (2).

Ainda, o ômega também serve para ajudar no tratamento de artrite.

Confira abaixo os tipos de ômega 3 e os seus principais benefícios. 

Tipos de Ômega 3

O ômega 3, como dito anteriormente, é composto por ácidos graxos, e além disso é dividido em três tipos diferentes. Confira:

Ácido docosahexaenoico (DHA)

O DHA é um tipo de ômega 3 encontrado principalmente em peixes de águas geladas. Os cientistas têm estudado o consumo deste ácido relacionado à diminuição da deterioração que causa o Alzheimer. (3) 

Ácido eicosapentaenoico (EPA)

O EPA é geralmente encontrado em óleos de peixes, como fígado de bacalhau, arenque, salmão e sardinhas, sendo também encontrado no leite materno.

É um dos principais tipos de ômega 3, tendo importante função anti-inflamatória e na saúde cardiovascular.

Ácido Alfa-Linolênico (ALA)

O ácido alfa-linolênico é um tipo de ômega que pode ser encontrado principalmente em:

  • Chia;
  • Linhaça;
  • Oleaginosas (como castanhas);
  • E algas.

Benefícios do Ômega 3

Nós já citamos em alguns posts anteriores alguns dos benefícios fornecidos pelo consumo de ômega 3.

Confira a seguir mais algumas das vantagens:

Melhora o rendimento muscular

Segundo estudos, a suplementação com ômega 3 melhora significativamente a capacidade de resistência muscular, o que ajuda a reduzir a quantidade de oxigênio consumido durante os exercícios físicos.

Além disso, os cientistas também relatam que o uso do ômega auxilia o corpo a recuperar os músculos danificados em exercícios de maior impacto. (4)

Auxilia a controlar o déficit de atenção e a hiperatividade

Foi feito um estudo com jovens com TDAH utilizando o ômega 3, no qual foi feita a avaliação por meio de quatro itens do Teste de Desempenho Contínuo:

  • Atenção focada;
  • Impulsividade;
  • Atenção sustentada;
  • Vigilância.

O estudo dividiu os jovens em dois grupos: um placebo, que não consumiu o ômega 3, e outro que estava consumindo o ômega 3.

Como resultado, os jovens que realizaram o uso do ômega 3 tiveram significativa melhora nos itens testados.

Por isso, os cientistas indicam que o suplemento de ômega 3 são, provavelmente, tão eficazes quanto os tratamentos farmacológicos convencionais em crianças com TDAH. (5)

Melhora a qualidade da pele

O ômega 3 é um excelente aliado nos cuidados com a pele! (6)

Alguns dos principais benefícios são:

  1. Proteção contra danos solares;
  2. Redução da acne;
  3. Evita que a pele fique seca, vermelha ou com coceiras;
  4. Diminui as chances de câncer de pele.

Ajuda a prevenir o Alzheimer

Segundo estudos, o ômega 3 é capaz de ajudar a prevenir o Alzheimer, especialmente se o consumo do suplemento for realizado desde cedo.

Isso ocorre especialmente devido à proteção que o ômega oferece ao coração e aos tecidos cardiovasculares. (7)

Combate asma

O ômega 3, além de todos os benefícios já apresentados, é capaz de reduzir a produção de IgE, o anticorpo que causa reações alérgicas e sintomas de asma nas pessoas.

Além disso, estudos mostraram que, ao consumir uma quantidade de ômega 3 enquanto grávida, uma mulher pode reduzir significativamente as chances de que a criança, ao nascer, desenvolva asma e algumas doenças respiratórias.

Devido a todos os benefícios que citamos anteriormente, os centros de medicina avançada recomendam que ocorra a ingestão de 500 a 1000mg de ômega 3 por dia.

O grande problema é que o consumo médio do brasileiro é cerca de 120mg, ou seja, bem abaixo da quantidade mínima necessária ao organismo.

Sendo assim, é imprescindível haver a suplementação com ômega 3 diariamente.

Veja mais sobre ômega 3 no post: Ômega 3: O que é, para que serve e benefícios.

NutriLife Caps
NutriLife Caps

Alcance o ápice da sua saúde através de nossos
SuperAlimentos Premiums

Facebook
Twitter
LinkedIn

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.